JLA Advogados e Abreu Advogados assessoram Limak Cimentos na sua nova central térmica de Moçambique

power station.jpg

A JLA Advogados e a Abreu Advogados (sociedade parceira em Portugal) assessoraram a Limak Cimentos no desenvolvimento da sua nova central térmica, localizada na cidade da Matola, província de Maputo. Com capacidade de 4,8 megawatts e um investimento de 3,5 milhões de euros, esta nova infraestrutura irá gerar energia limpa para a produção de cimento, diminuindo, assim, as emissões de carbono para a atmosfera. 

A coordenação da assessoria a esta operação foi conduzida por Zara Jamal, sócia da Abreu Advogados e da JLA Advogados, e contou com a participação de uma equipa multidisciplinar dos dois escritórios, composta por Mafalda Teixeira de Abreu, sócia contratada da Abreu Advogados; Isabel Pinheiro Torres, advogada principal da Abreu Advogados; e Deivid Sacur, advogado da JLA Advogados. 
 

A Limak Cimentos faz parte da Limak Group e é um dos três principais produtores de cimento em Moçambique, com um largo investimento na economia local e nacional, nomeadamente nas áreas da Construção e de Investigação e Desenvolvimento.